Guardiola: 'Não vou mudar meu estilo. Ganhei 21 títulos em sete anos'

O técnico do Manchester City, Pep Guardiola, foi confrontado pela imprensa inglesa sobre a goleada sofrida para o Barcelona por 4 a 0 e a sequência de quatro jogos sem vitórias (duas derrotas e dois empates). O treinador espanhol recebeu críticas sobre o estilo de jogo. Coube a ele rebatê-las.

- Não vou mudar o meu estilo de jogo. Antes, deixo o City e volto à Espanha. Ganhei 21 títulos em sete anos assim. Se os jogadores não me seguirem, vou embora. Mas eles estão compreendendo o que desejo para o time - disse, dois dias depois de perder para o ex-clube, no Camp Nou, em duelo válido pela terceira rodada do Grupo C da Liga dos Campeões da Europa.

Nesta sexta-feira, o jornal "Mirror" afirmou que Guardiola quer mexer no ataque. A partir de 2017, ele contará com Gabriel Jesus, do Palmeiras, e buscará Aubameyang, artilheiro do Borussia Dortmund. Em contrapartida, terá de se desfazer de um jogador do setor. E o escolhido é Agüero. O comandante nega a informação e coloca o argentino nos planos.

- Agüero é peça-chave para o êxito do City. Tomo decisões de acordo com minhas convicções. Ele está nos planos, sim. No último jogo, ficou no banco por opção tática. Conversamos, e o jogador entendeu tudo. Quando Agüero decidir deixar o clube, será por sua decisão - completou Guardiola.

Depois de um início de temporada arrasador, o Manchester City acumula quatro jogos sem vitórias. A sequência ruim não tirou os Citizens da liderança do Campeonato Inglês, mas deixou o time na segunda colocação do Grupo C da Liga dos Campeões da Europa com cinco pontos atrás do Barcelona.

Neste domingo, o City recebe o Southampton, no Ethiad Stadium, pela nona rodada do Campeonato Inglês.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos