Suárez desdenha da Bola de Ouro da Fifa: 'É só marketing'

Ao receber a segunda "Chuteira de Ouro" da carreira, prêmio entregue pela UEFA ao artilheiro do futebol europeu, o atacante Suárez desdenhou do próximo troféu de melhor jogador do mundo.

- A Bola de Ouro da Fifa é mais marketing do que méritos em campo. Não há hipótese de vencê-la. Não tenho um bom marketing. Mereci todos os prêmios que recebi. A Chuteira de Ouro fica com quem fez mais gols. E ninguém poderá tirá-la de mim - ressaltou o camisa 9 da Barcelona.

Só no Campeonato Espanhol de 2015/16, o uruguaio balançou as redes 40 vezes. Ao todo, foram 59 em 53 jogos - distribuídos ainda entre Copa do Rei (5), Liga dos Campeões (8), Mundial de Clubes (5) e Supercopa da Europa (1). Em 2013-2014, logo após marcar 31 gols pelo Liverpool, Suárez dividiu o prêmio com Cristiano Ronaldo, do Real Madrid.

- Tenho meu próprio estilo e tento ajudar a equipe. Os prêmios individuais são bem-vindos porque sou um goleador e, por vezes, egoísta - concluiu.

Os números nunca convenceram a Fifa, que jamais colocou o astro do Barcelona entre os finalistas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos