Miesha Tate segue animada para encarar Cyborg: 'Grande encrenca'

Considerada a lutadora mais temida do MMA, Cris Cyborg até hoje tem dificuldades em encontrar rivais dispostas a lhe enfrentar, mas uma ex-campeã garantiu que não se importa em encarar a brasileira no peso combinado até 63.5 kg.

Trata-se da ex-campeã dos galos, Miesha Tate, que apesar de se mostrar disposta a encarar o desafio, sabe que corre o risco de se meter em uma grande encrenca, conforme declarou em entrevista ao "MMA Fighting".

- Quando eu era campeã, me disseram que não poderia lutar em peso-casado. Ou ela teria que bater o limite do peso-galo (61,2 kg) ou eu não poderia ser a campeã. Agora, como não sou mais a campeã, eu tecnicamente poderia lutar pesando 63,5 kg. Não tenho nada contra isso, porque não tenho nada a perder com essa luta. Seria um combate contra uma lutadora que é uma máquina de destruir, uma fera. Se eu a vencesse, ou fizesse uma luta dura, isso diria muito sobre mim. Não tenho dúvida que estaria me metendo em grande encrenca - avaliou.

Cyborg fez suas últimas duas lutas pelo UFC no peso casado até 63.5 kg, onde nocauteou Leslie Smith e Lina Lansberg. Já Miesha Tate, perdeu o cinturão ao ser nocauteada por Amanda Nunes em sua última luta e está com compromisso marcado contra Raquel Pennington, no dia 12 de novembro, em Nova York.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos