São Paulo inclui atacante do Cruzeiro no radar para a próxima temporada

  • Edson Ruiz/Light Press/Cruzeiro

    Willian é opção ventilada no São Paulo para 2017

    Willian é opção ventilada no São Paulo para 2017

O São Paulo não esconde de ninguém que o setor mais carente de reforços para 2017 é o ataque. Depois de perder Calleri, Rogério, Alan Kardec, Centurión e Paulo Henrique Ganso no primeiro semestre, o clube admite que não conseguiu repor bem as peças. Agora tem vasto catálogo de atletas observados para melhorar o poderio ofensivo. O nome mais novo é o de Willian.

O atacante tem jogado pouco sob o comando de Mano Menezes no Cruzeiro. O contrato do ex-corintiano termina no fim de 2018 e, pelo que foi sinalizado pelos mineiros no mercado, deve ficar à disposição para negócios. O salário alto, decorrente da passagem pela Ucrânia há três anos, e o interesse de outros equipes deixam os paulistas preocupados.

O Cruzeiro, nas últimas janelas de transferência, mostrou interesse em contar com o meia Michel Bastos e no volante Hudson, e a possibilidade de envolver atletas do time tricolor não está descartada. O primeiro, inclusive, tem a saída dada como certa e trocas são vistas como a melhor opção para 2017.

"Não é um assunto diretivo, mas é possível que ele esteja bem perto de partir para um outro sonho, uma outra experiência. E estamos estudando todas hipóteses", afirmou o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva.

Antes de Willian, os são-paulinos colocaram no radar mais quatro jogadores de frente: Nilmar, que tem contrato até agosto com o Al Nasr (EAU), Rafael Marques, do Palmeiras até o fim de 2017, e dois brasileiros do Shakhtar Donetsk (UCR): Wellington Nem e Bernard.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos