Tribunal de Madri exige a penhora de uma empresa do ex-jogador Raúl

Um tribunal de Madrid determinou a penhora de 9,3 milhões de euros (R$ 31,6 milhões) contra a Europa Scar Sport SL, empresa do ex-atacante Raúl, ídolo do Real Madrid e aposentado do futebol desde o ano passado.

Os advogados de Raúl apresentaram um recurso, alegando que a empresa declarou falência em junho deste ano.

A decisão é fruto de uma queixa da Aurantia, empresa com a qual Raúl se associou em 2008 para receber 20% do capital proveniente da Cadmos Energias Renovables.

A Aurantia tentou se desvincular da empresa do ex-jogador do Real Madrid e não obteve sucesso. Raúl, então, foi condenado a pagar 7,2 milhões de euros (R$ 24,4), com juros que ultrapassaram os ?2 milhões (R$ 6,7 mi).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos