Com Mineirão lotado, Cruzeiro e Grêmio duelam na Copa do Brasil

A semifinal da Copa do Brasil envolvendo Cruzeiro e Grêmio, nesta quarta-feira, às 21h45, no Mineirão, terá um ingrediente extra: Os dois times são os maiores vencedores do torneio nacional, com quatro títulos cada um. Assim, quem avançar à final, dará mais um passo rumo à hegemonia na competição. O duelo é válido pela fase de ida. A segunda semifinal será na próxima quarta-feira, dia 02, na Arena do Grêmio.

Ciente da importância do jogo, a torcida cruzeirense, que não vê o time levantar o troféu da competição há 13 anos, comprou, até a última parcial divulgada, pouco mais de 50 mil ingressos. Restam entradas apenas para os setores Roxo Superior e Vermelho Superior.

Além da casa cheia, a Raposa se apega ao retrospecto contra o próprio Grêmio em mata-matas:Em quatro oportunidades, incluindo a final da Copa do Brasil de 1993, os mineiros jamais foram eliminados para o Tricolor Gaúcho.

Dentro de campo, a única novidade deve ser a entrada de De Arrasceta no lugar de Rafinha, que machucou o músculo posterior da coxa esquerda e só deve voltar a jogar em 2017. Ezequiel e Bryan, que já disputaram a competição por outros times, também são baixas. Elber, Fábio e Dedé, machucados, completam a lista de desfalques.

Já no Grêmio, que tem um jejum um pouco mais extenso na Copa do Brasil, de 15 anos, o número de ausências é menor. Apenas dois jogadores são baixas: o atacante Negueba e o zagueiro Wallace Reis, que já jogaram a competição por outros clubes.O treinador Renato Gaúcho, expulso contra o Palmeiras, não poderá comandar o time à beira do campo. Assim, o auxiliar Alexandre Mendes

herda a missão de comandar o Imortal.

Dentro de campo, assim como o Cruzeiro, o Grêmio conta com o retorno do seu principal armador, Douglas. O camisa 10 foi preservado no

Gre-Nal do último domingo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos