Agora olímpico, Mundial de caratê começa com brasileiro como destaque

Começa nesta quarta-feira, em Linz, na Áustria, a 23ª edição do Campeonato Mundial de caratê. Disputada desde 1970, a competição não é uma novidade para os esportistas e amantes da modalidade. Mas não dá para negar: o torneio deste ano, talvez, seja o mais importante da história. Afinal, é o primeiro desde que o esporte se tornou olímpico. E para o Brasil, a relevância é ainda maior, já que um brasileiro é um dos principais atletas desse campeonato e do mundo.

Aos 30 anos, Douglas Brose pode ser considerado um dos grandes esportistas do país. Não são todos os atletas nacionais que possuem quatro medalhas em mundiais, sendo duas de ouro (Bremen-2014, Belgrado-2010), uma de prata (Paris-2012) e uma de bronze (Tóquio-2008). Isso sem contar outras conquistas mundiais e continentais, como nos Jogos Pan-Americanos de 2015, em Toronto (CAN) - todas na disputa do kumite, até 60kg.

- Chego muito bem preparado. Além de ser o atual campeão, venci as duas últimas etapas da Liga Mundial em que participei. Porém, sei que isso não vale nada no dia da luta, e o combate se decide dentro do tatame. Porém, estou convicto que fiz um bom trabalho, que tem tudo para dar certo - disse o carateca ao LANCE!.

Como não poderia ser diferente, Brose é um aficionado pela modalidade. Natural de Cruz Alta, no Rio Grande do Sul, ele pratica a modalidade desde os sete anos. Formado em Educação Física e Esportes, ele foi um dos principais competidores a lutar pela entrada do caratê nos Jogos Olímpicos. Tanto que participou de diversos eventos do Comitê Olímpico Internacional (COI) sobre o caso:

- Toda minha vida é formada em volta do caratê. Além de ministrar palestras no mundo inteiro, tenho uma empresa de materiais esportivos da modalidade, onde sou o diretor e faço a representação no Brasil.

Com a decisão recente da inclusão do esporte no calendário olímpico, Brose ainda não sentiu de perto as mudanças que isso pode ocasionar em sua carreira. Mesmo assim, já iniciou toda sua preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. E que o primeiro passo (ou apenas mais um deles) rumo a uma inédita conquista seja dado no Mundial.

- Minha meta para 2020 é ser campeão olímpico. Meu planejamento já começou a ser montado, no próximo mês já começam as reuniões no Núcleo de Alto Rendimento de São Paulo (NAR) para alinhar minha preparação - disse o atleta.

Metas

A inclusão do caratê (e de outras modalidades) nos Jogos Olímpicos foi definida em agosto deste ano pelo COI. Até por isso, a Confederação Brasileira de Caratê (CBK) e o Comitê Olímpico do Brasil (COB) ainda não definiram o planejamento.

- O interesse de todos pela modalidade aumentou significativamente. Sabemos que após o termino da Olimpíada do Rio de Janeiro, o COB está passando por alguns ajustes para começar um novo ciclo. Estamos aguardando o momento certo para estes detalhes - afirmou o presidente da CBK, Luiz Carlos Cardoso do Nascimento.

A própria Federação Internacional de Caratê (WKF) ainda não definiu ao certo quais serão as modalidades e as categorias olímpicas.

CAMPEONATO MUNDIAL

O torneio

O 23 Campeonato Mundial começa hoje em Linz (AUT) e vai até domingo. As disputas ocorrem na modalidade kumite (luta) e kata (luta imaginária, em que o carateca faz movimentos pré-estabelecidos para demonstrar a técnica).

......................

Brasil

A delegação brasileira terá 12 atletas nas categorias individuais. No kumite: Douglas Brose (60kg), Vinicius Figueira (67kg), Milton Menezes (75kg), Alberto Azevedo (84kg), Wellington Barbosa (+84kg), Aline de Paula (50kg), Valéria Kumazaki (55kg), Maike de Oliveira (61kg), Natalia Spigolon (68kg), Isabela Rodrigues (+68kg). No kata: Williames Santos e Nicole Mota.

O DESTAQUE DO BRASIL

Nome: Douglas Santos Brose

Nascimento: 11/12/1985 - Cruz Alta (RS)

Categoria: Kumite, até 60kg

Conquistas: Campeão mundial em 2014 e 2010; vice-campeão mundial em 2012; 3 colocado no Mundial de 2008; ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2015; medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de 2011 e 2007.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos