De Boer explica pouca utilização de Gabigol e diz: 'Sua hora vai chegar'

Na última quarta-feira, a torcida da Inter de Milão aplaudiu o reencontro de seu time com as vitórias no Campeonato Italiano, porém, mais uma vez, não teve a oportunidade de ver Gabigol, que ficou no banco de reservas e não foi chamado por Frank de Boer.

Logo após o jogo, diante do Torino, o técnico da Inter pediu calma ao atacante brasileiro, que, de acordo com o holandês, terá oportunidades em breve. A má fase do time também tem contribuído para o pouco aproveitamento.

- A oportunidade de Gabigol virá. Tudo acontece no seu devido tempo. Estamos passando por um período difícil, mas a sua hora vai chegar - disse o treinador.

Até o momento, Gabigol entrou apenas em uma partida, que se deu também pelo Italiano (contra o Bologna), durante 16 minutos. Do banco, o ex-Santos viu Icardi marcar os dois gols da vitória contra o Torino, por 2 a 1, pela décima rodada.

O triunfo nerazzurri suavizou a pressão em cima de Frank de Boer, que vinha de uma sequência negativa. Agora, a Inter está em décimo lugar na tabela, com 14 pontos somados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos