Werdum esclarece protesto contra a Reebok: 'Ninguém está contente'

Ex-campeão dos pesados do UFC, Fabricio Werdum usou suas redes sociais para protestar contra a Reebok, patrocinadora oficial do Ultimate. Na ocasião, o gaúcho postou uma foto onde aparece caminhando para o cage com uma montagem que estampa a logo da Nike no uniforme do UFC.

Em conversa com seus fãs, ao vivo através do Facebook, Fabricio Werdum comentou o motivo que o levou a tomar a polêmica atitude, que definiu como um protesto contra as atuais condições vividas pelos lutadores.

- Postei protestando. Na verdade, não sou obrigado a usar Reebok, não tenho contrato com eles. Para quem não sabe, eles patrocinam só na hora da luta. Tem que usar na semana da luta, tem no contrato. Mas eu não tenho contrato com ela fora do UFC, posso postar o que eu quiser. Não sou obrigado. Foi um protesto. Antes podíamos usar o que quiséssemos. Hoje tem uma tabela com a Reebok. E não se compara com o que ganhávamos antes. Ninguém está contente, mas está no contrato. Tem que assinar e acabou. Mas não tem opção - desabafou.

Fabricio Werdum retorna ao octógono no dia 30 de dezembro, quando faz revanche contra o também ex-campeão, Cain Velásquez, em luta que acontece em Las Vegas (EUA). Em junho de 2015, o brasileiro conquistou o cinturão da categoria dos pesados ao finalizar o americano com uma guilhotina.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos