Bandeira adota tom ameno, mas diz que houve falta antes de pênalti

O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, voltou a fazer críticas à arbitragem após o empate do Rubro-Negro com o Atlético-MG, neste sábado, no Mineirão. O mandatário adotou tom ameno, mas disse que houve uma falta no volante Márcio Araújo antes do pênalti sofrido por Fred.

"Prefiro deixar para vocês (da imprensa) avaliarem, o lance do pênalti e a última falta (em Diego), que poderia talvez ter sido positiva para nós. Antes do pênalti, houve falta clamorosa no Márcio Araújo. Na sequência, veio o pênalti e o gol. A falta no Diego no último lance do jogo acho difícil que alguém em sã consciência não marque", disse.

O presidente do Flamengo admitiu certa frustração pelo empate num duelo decisivo pelo Campeonato Brasileiro.

"É sempre frustrante um empate, estamos aqui para ganhar, o Flamengo mereceu ganhar. Nossa obrigação é ganhar, apesar de tudo", avaliou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos