Brasileiros faturam cinco medalhas no Grand Slam de Abu Dhabi

O Brasil continua a acumular medalhas no Grand Slam de Abu Dhabi, de judô. Neste sábado, os judocas brasileiros subiram ao pódio mais cinco vezes na competição: Victor Penalber (81kg) e Maria Portela (70kg), ficaram com a prata, e Mariana Silva (63kg), Ketleyn Quadros (63kg) e Bárbara Timo (70kg) terminaram a competição com um bronze.

- É sempre difícil essa volta, porque tivemos um período de recesso. Tudo volta a doer e até entrar em um ritmo forte de treinamento de novo, é complicado. Então, fico satisfeito de logo na primeira competição depois dos Jogos (Olímpicos do Rio de Janeiro) fazer uma final de Grand Slam. É continuar evoluindo, porque diante do que foi essa final, acho que dava para ter buscado o título. Mas é só o início do ciclo e é bom começar com uma medalha - declarou Penalber, que na decisão perdeu para Sergiu Toma, dos Emirados Árabes Unidos.

Já Maria Portela só foi parada pela francesa Marie Eve Gahie por ter uma punição a mais.

Ainda ontem, Alex Pombo e Marcelo Contini, ambos na categoria até 73kg, foram derrotados na repescagem e acabaram fora das disputas por medalhas. Já no peso até 81kg, Rafael Macedo caiu logo em sua estreia na competição.

A disputa em Abu Dhabi continua neste domingo, com mais sete representantes do Brasil: Samanta Soares (78kg), Maria Suelen Altheman (+78kg), Eduardo Bettoni (90kg), Luciano Corrêa (100kg), Rafael Buzacarini (100kg), David Moura (+100kg) e João Marcos Cesarino (+100kg).

Vale lembrar que no primeiro dia do torneio, na sexta-feira, os atletas brasileiros conquistaram quatro medalhas: Eric Takabatake (60kg) levou a prata, enquanto Charles Chibana (66kg), Nathália Brígida (48kg) e Jéssica Pereira (52kg) ficaram com o bronze.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos