Dorival 'ignora' chance remota de título e lembra arrancada no 1º turno

  • Robson Ventura/Folhapress

O Santos perdeu a chance de ser "campeão" do primeiro turno do Brasileirão ao ser derrotado pelo então lanterna América-MG, fora de casa, na 19ª rodada. Na ocasião, o time havia alcançado a liderança após empatar com o Flamengo. No entanto, a história que teve final triste para o Peixe é usada como motivação pelo técnico Dorival Júnior na reta final do Brasileirão.

A nove pontos do líder Palmeiras faltando seis rodadas para o fim e, segundo os matemáticos, com apenas 2% de chances de ser campeão, o treinador santista lembra da ultrapassagem do rival na tabela como exemplo para mostrar ao elenco ser possível vencer o clássico neste sábado e chegar novamente à liderança a tempo de ficar com o título.

"Se vocês virem a classificação do primeiro turno do campeonato, o Santos chegou contra o Palmeiras com seis pontos de diferença, com eles líderes, e na penúltima rodada no primeiro turno alcançamos a liderança. Não quer dizer que o segundo turno seja espelho. Tínhamos 55% de aproveitamento e temos 62%. Todas as equipes da frente aumentaram aproveitamento. O campeonato está disputado, mais brigado, mas abre-se uma possibilidade real de acreditar e muito. Esses 2% na matemática podem aumentar ainda e alcançar uma possibilidade real", explicou o técnico.

Fato é que, se vencer o Palmeiras neste sábado, o Santos entra no G3 da competição, já que Flamengo e Atlético-MG, 2º e 3º colocados, respectivamente, se enfrentam no mesmo dia, no Mineirão, em Belo Horizonte. A diferença de pontos para Fla e Galo é de três e um ponto, respectivamente.

Quer receber notícias do Santos de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos