Lei do ex implacável! Higuaín marca, não comemora, e Juve bate o Napoli

Higuaín provou que a lei do ex é realmente implacável. Depois de uma transferência bastante polêmica e ser considerado traidor pela torcida do Napoli, o 'Pipita' marcou o gol da vitória da Juventus sobre o ex-clube por 2 a 1, neste sábado, pela 11ª rodada do Campeonato Italiano.

O atacante não comemorou, em respeito ao Napoli, clube no qual defendeu por três anos (de 2013 a 2016), mas que deixou após proposta de 90 milhões de euros (R$ 317 milhões) da Juventus.

Com o resultado, a Juventus segue mais líder do que nunca, agora com 27 pontos, cinco a mais que a Roma, que joga neste domingo contra o Empoli. Já o Napoli estaciona nos 20, na terceira colocação.

O primeiro tempo não foi tão animado quanto o segundo. No entanto, a torcida da Juventus quase tirou o grito de gol da garganta quando Khedira lançou Higuaín que, na hora do chute, foi travado pelo zagueiro Chiriches.

Na etapa final, a Juventus abriu o placar, após falha gritante da defesa do Napoli. Ghoulam foi tirar e jogou a bola para trás, e ela sobrou limpa para Bonucci fuzilar o goleiro Reina.

O gol não abalou o Napoli, que chegou ao empate com Callejón. Insigne cruzou na área e o espanhol, nas costas dos zagueiros da Velha Senhora, balançou as redes.

Mas aí, veio o gol de Higuaín. Em mais uma rebatida mal feita da zaga do Napoli, a bola caiu à feição para o argentino, que de perna esquerda, estufou as redes. Em consideração à história que fez no clube napolitano, o 'Pipita' levantou as mãos e não comemorou.

O Napoli quase chegou ao empate, mas Buffon estava lá, como uma muralha, e impediu o segundo gol dos visitantes.

OUTRO JOGO

Bologna 0 x 1 Fiorentina

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos