Reincidente, Mourinho pode até ser proibido de ir a estádio

  • AFP

    Mourinho foi expulso da partida contra o Burnley

    Mourinho foi expulso da partida contra o Burnley

O empate sem gols do Manchester United com o Burnley, em casa, no último sábado, deixou José Mourinho com os nervos à flor da pele, o que o levou a ser expulso, por reclamação. E a consequência pode ser dura.

Neste domingo, o jornal britânico "Daily Mail" informa que o treinador deve sofrer uma severa punição da Federação Inglesa (FA), que, inclusive, poderia proibir o português de ir aos estádios para assistir à sua equipe por algumas partidas.

Como frisa a publicação, a reincidência deve fazer com que Mourinho leve a dura pena. Vale lembrar que, no dia 17 de outubro, o técnico já havia sido punido por críticas contra a arbitragem, no clássico diante do Liverpool.

Mourinho foi expulso após mostrar indignação com a não marcação de um pênalti, que seria sobre o lateral Darmian. Ele gesticulou bastante e foi áspero na reclamação. Além disso, foi retirado da primeira fila das arquibancadas do Old Trafford, tendo que ficar na área reservada aos cartolas do clube de Manchester.

Com o frustrante empate diante do Burnley, que se deu pela décima primeira rodada do Campeonato Inglês, o United caiu para a oitava posição, chegando aos 15 pontos.

Punição não seria inédita

Na temporada passada, Mourinho foi banido pela FA por um jogo, quando comandava o Chelsea. A situação time, na ocasião, era parecida com a do Manchester United hoje, com resultados irregulares no Inglês.

Quer receber notícias dos times ingleses de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos