Sada Cruzeiro é campeão Supercopa pela segunda vez

Fortaleza (CE) recebeu neste sábado, ginásio do Centro de Formação Olímpica, a final masculina da Supercopa. Sob os olhares de cerca de 5 mil pessoas, o Sada Cruzeiro (MG) venceu o Vôlei Brasil Kirin (SP) por 3 sets a 1. Com parciais de 25/18, 25/18, 25/21 e 25/20, a equipe paulista venceu o primeiro set, mas não conseguiu manter o ritmo e sofreu a virada.

O campeão olímpico, mineiro e do Mundial de Clubes, o oposto Evandro também comemorou o resultado.

- Essa é uma partida sempre muito difícil. O Brasil Kirin tem um time muito qualificado e nós estamos vindo de um campeonato muito forte, que foi o Mundial de Clubes. Depois disso, acabamos tendo uma queda no rendimento, o que é natural. Hoje, deu para ver pelo primeiro set que demoramos a entrar no jogo, mas depois o time embalou e conseguiu realizar um bom trabalho - comentou.

O comandante da equipe mineira, Marcelo Mendez,demonstrou satisfação com a conquista.

Estou muito feliz pelo terceiro título. Estamos muito cansados, mas a motivação de conseguir outro título, a mentalidade dos jogadores sempre de ganhar, permitiu que o time conseguisse mais esse título. Fico muito feliz pelo resultado do trabalho. Agora é descansar um pouco e já pensar na Superliga - afirmou.

A estreia da equipe cruzeirense na Superliga será no próximo sábado (05.10), às 14h, contra o JF Vôlei (MG), fora de casa.

Já o oposto do Vôlei Kirin, Rivaldo comentou sobre o qualificado adversário enfrentado, além da vibrante torcida.

- Foi um belo espetáculo e todo mundo está de parabéns. O ginásio é lindo e a torcida fez uma festa incrível. Dentro de quadra, nós sabemos que o Sada Cruzeiro é o melhor time do mundo. Conseguimos, em alguns momentos, manter um nível de jogo muito próximo ao deles, mas a intensidade deles é mantida por um tempo muito longo. Vamos trabalhar mais para, quem sabe em uma outra oportunidade, conseguirmos vencê-los - disse o jogador.

A torcida aproveitou a final para conhecer melhor a modalidade, até de conhecer atletas olímpicos. A jovem Manuela Guimarães, estudante de 20 anos, foi uma das presentes na decisão.

Não temos equipe de vôlei aqui e trazer um jogo desse nível para cá deixou todo mundo muito feliz. Foi um jogão dentro de quadra e ainda conseguir tirar uma foto com o meu ídolo, Evandro, depois da partida. Foi uma noite fosse perfeita, inesquecível - comentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos