Fluminense encara atual campeão Rexona na estreia pela Superliga

De volta à elite do vôlei brasileiro, o Fluminense estreia nesta terça-feira na Superliga Feminina. A equipe tricolor encara o Rexona-Sesc, às 21h (de Brasília), no Ginásio da Hebraica.

Em sua primeira participação no campeonato nos moldes atuais, o time das Laranjeiras promete incomodar os favoritos. Após garantir a vaga com o título da Seletiva Nacional, em março deste ano, a diretoria reforçou o elenco com atletas experientes, como a ponteira campeã olímpica Sassá e a oposto Renatinha, bicampeã da Superliga pelo Rexona, em 2005/2006 e 2006/2007.

O grupo conta ainda com a levantadora Pri Heldes, que estava no Sesi-SP, as centrais Letícia Hage e Lara, que defendiam o Pinheiros, a ponteira Jú Costa, atual vice-campeã brasileira com o Dentil/Praia Clube, e a líbero Juju Perdigão, cria do Flu e com passagens pelo Rexona.

A partida será um reencontro entre as equipes que decidiram o título do último Campeonato Carioca. Em setembro, o Fluminense derrotou o Rexona por 3 sets a 2 e encerrou uma sequência de 12 conquistas consecutivas das comandadas de Bernardinho na competição.

- A expectativa é de uma Superliga muito difícil, de um campeonato duro. A conquista do Carioca nos dá confiança, mas temos de continuar trabalhando duro, nos manter focados e com os pés no chão para buscar a vaga entre os oito times. Vai ser uma briga grande - disse o técnico Hylmer Dias, que chegou a integrar a comissão técnica do Rexona.

Antes da criação da Superliga, em 1994/1995, o Tricolou conquistou a taça do extinto Campeonato Brasileiro duas vezes: em 1976 e 1981.

Os ingressos para o jogo já podem ser adquiridos nas Laranjeiras e seguirão à venda no dia do jogo, entre 10h e 17h, na bilheteria do próprio Fluminense, e entre 18h e 21h30, na sede da Hebraica.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos