Kelvin sofre estiramento e pode fazer só mais dois jogos pelo São Paulo

O São Paulo teve, na tarde desta segunda-feira, a confirmação de mais uma baixa por lesão na reta final da temporada. Kelvin passou por exames médicos detalhados e teve diagnosticado um estiramento de grau 1 no músculo posterior da coxa esquerda. A lesão aconteceu ainda aos 40 minutos do primeiro tempo da goleada por 4 a 0 sobre o Corinthians no último sábado.

Assim que realizou ressonância magnética, o atacante seguiu para o CT da Barra Funda e iniciou tratamento no Reffis. A recomendação é que sejam feitas duas sessões diárias de fisioterapia e nenhum prazo de recuperação foi estipulado na nota oficial divulgada pelo clube. Lesões do tipo, no entanto, têm custado até três semanas para os atletas voltarem a atuar.

O próprio Kelvin passou por situação semelhante nesta temporada. No fim de junho, em partida contra o Sport no Morumbi, o camisa 30 também lesionou a coxa esquerda e ficou quase um mês em tratamento até ter condições de jogar. A diferença é que o primeiro caso era de grau 2, o que o tirou das semifinais da Copa Libertadores da América, contra o Atlético Nacional (COL).

Se a média de três semanas for mantida, o atacante perderá os embates contra Grêmio - dia 17, no Morumbi - e Chapecoense - dia 20, na Arena Condá, em Chapecó. Restariam para Kelvin os duelos com Atlético-MG - dia 27, no Independência - e Santa Cruz - 4 de dezembro, no Morumbi.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos