Vasco empata com o Luverdense e retorno à elite ganha ar dramático

A pressão era grande. O Vasco, sem Martin Silva, Madson e Douglas, entrou em campo na noite desta terça-feira em São Januário precisando da vitória mais do que nunca para não complicar a vida nesta reta final de Série B do Campeonato Brasileiro na luta pelo acesso. Entretanto, mais uma vez, os comandados de Jorginho vacilaram e ficaram no empate em 1 a 1 com o Luverdense. Terminou a rodada a dois pontos do quinto colocado e o retorno à elite ganha ar dramático neste 2016.

No penúltimo jogo em São Januário na temporada, e na pressão pela vitória por conta da possibilidade de terminar a rodada a um ponto do quinto colocado, o Vasco foi para cima desde o minuto inicial. Mas o Luverdense não deixava barato. Logo aos quatro minutos, Ricardo mandou forte para grande defesa do goleiro Jordi. Aos 19, Everton cabeceou com perigo e a bola tirou tinta da trave do Vasco.

Aos 20, o Vasco teve a sua primeira chance efetiva e conseguiu seguir a batida. Nenê deu bela assistência para Thalles que aproveitou bom posicionamento e oportunismo para dominar e mandar rasteiro, sem chance de defesa para o goleiro Diogo Silva. Vasco na frente com desafogo da pressão, já que os torcedores minutos antes protestavam contra Eurico Miranda.

O ritmo em campo seguiu até o intervalo. Na volta para o segundo tempo, o Vasco voltou mais compacto, enquanto o Luverdense com força ofensiva aproveitando os erros que eram cometidos pela equipe comandada por Jorginho. E deu certo. Aos seis, Jordi deu rebote em cobrança de escanteio e Alfredo aproveitou para igualar o placar.

Depois do empate, a apreensão dominou o ambiente em São Januário. Qualquer outro resultado a não ser a vitória seria considerado como uma tragédia para o Vasco. Jorginho fez as substituições e colocou a equipe toda para cima. Aos 27, Nenê deixou Julio Cesar livre para fazer o gol, mas Diogo Silva evitou para o Luverdense. Luan ainda teve nova tentativa aos 43, mas um defensor da equipe adversária salvou sobre a linha. Fim de jogo, 1 a 1 e muitos protestos contra o presidente Eurico Miranda. Sábado será dia de vida ou morte.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 1 LUVERDENSE

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data/hora: 8/11/2016 - 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Auxiliares: Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

Público/renda: 2.555 pagantes/R$ 64.745,00

Cartões amarelos: Rodrigo, Yago Pikachu, Julio Cesar, Nenê (VAS) e Ricardo, Diogo Silva (LUV)

GOLS: Thalles 20'/1ºT (1-0) e Alfredo 6'/2ºT (1-1)

VASCO: Martin Silva, Yago Pikachu, Rodrigo, Luan e Julio Cesar (Alan 42'/2ºT); Bruno Gallo, William (Junior Dutra 11'/2ºT), Andrezinho e Nenê; Thalles e Éderson (Jorge Henrique 11'/2ºT). Técnico: Jorginho

LUVERDENSE: Diogo Silva, Raul Prata, Everton, Gabriel Valongo e Paulinho; Jean Patrick (Diogo Sodré 31'/2ºT), Ricardo (Moacir 29'/2ºT), Rafael Silva (Macena 22'/2ºT) e Sérgio Mota; Douglas Baggio e Alfredo. Técnico: Junior Rocha

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos