Técnico da Argentina estranha arbitragem chilena no clássico contra Brasil

  • AP Photo/Victor R. Caivano

    Julio Bascuñán apitou vitória da Argentina por 1 a 0 sobre o Uruguai

    Julio Bascuñán apitou vitória da Argentina por 1 a 0 sobre o Uruguai

O técnico da Argentina, Edgardo Bauza, colocou sob suspeita a escolha do árbitro chileno Julio Bascuñán para apitar o clássico contra o Brasil, nesta quinta-feira, no Mineirão, pela 11ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018.

O Chile está na disputa contra os argentinos pela quinta colocação da competição.

"Não é que tenha desaprovado um nome chileno. São profissionais e espero que não cometam erros. Espero que ele não interfira na partida. É um árbitro que já nos causou inconvenientes", afirmou Bauza.

Bascuñán apitou a vitória da Argentina sobre o Uruguai por 1 a 0, em setembro. Na ocasião, o chileno expulsou o atacante Dybala e deixou a Argentina com dez jogadores em boa parte do clássico.

O Chile só passou a Argentina na classificação porque conseguiu, após uma ação judicial na Fifa, ficar com os pontos do jogo contra a Bolívia, com a qual havia empatado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos