Libertadores vira trunfo para o Santos em negociação com a Caixa

  • Marcello Zambrana/Agif

O acordo do Santos com a Caixa, anunciado em outubro, é válido apenas até o fim desta temporada. No entanto, a negociação para que a parceria seja renovada para 2017 já está adiantada.

A classificação para a Libertadores da próxima temporada (o time já se garantiu, pelo menos no G6) dá mais trunfos para o Peixe, que quer receber até R$ 18 milhões no novo contrato. Atualmente, o clube recebeu cerca de R$ 2 milhões com a parceria de três meses.

O contrato assinado neste ano serviu como experiência para o banco avaliar o potencial do Peixe como parceiro da estatal.

Até então, só o Corinthians, no estado de São Paulo, tinha o apoio da estatal. No Brasil, a Caixa Econômica Federal já patrocina outros times como Flamengo, Vasco, CRB, Atlético-MG, Cruzeiro, Vitória, Sport, Coritiba, Atlético-PR, Figueirense, Chapecoense e Paysandu.

O último patrocinador master fixo que o Santos teve foi o Banco BMG, que acabou o acordo no fim de 2012. Em 2014, a chinesa Huawei foi parceira por dois meses, também na reta final daquela temporada.

Quer receber notícias do Santos de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos