Ábila revela proposta da China e não descarta deixar o Cruzeiro em 2017

Ramón Ábila revelou, nessa quinta-feira (10), que pode deixar o Cruzeiro rumo ao futebol chinês. O centroavante ainda revelou que o amigo Carlos Tévez pode seguir o mesmo caminho.

Em entrevista ao canal Fox Sports, da Argentina, o artilheiro da Raposa contou que o seu empresário foi procurado por dirigentes chineses para se mudar na próxima janela de transferências do país asiático:

- Meu representante me disse que estão dispostos a levar eu o Tévez e para a China - declarou Wanchope, sem revelar se pretende seguir em Belo Horizonte ou se mudar para o mercado chinês a partir da próxima temporada.

O atleta foi contratado, em julho deste ano, por US$ 4 milhões (R$ 13,7 milhões na cotação atual). Os mineiros detêm 50% dos direitos econômicos do jogador e o contrato se encerra em 30 de junho de 2020.

O restante dos direitos de Wanchope está avaliado em 3,5 milhões de dólares (R$ 12,05 milhões). O Cruzeiro precisa negociá-lo em até três temporadas. Caso contrário, será obrigado a adquirir a metade pertencente ao Huracán, da Argentina pelo valor estipulado em contrato.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos