Por falta de pagamento, funcionários do Santa ameaçam entrar em greve

  • Divulgação/Santa Cruz

    Presidente Alírio de Moraes afirmou que Santa Cruz teve recursos bloqueados na Justiça

    Presidente Alírio de Moraes afirmou que Santa Cruz teve recursos bloqueados na Justiça

O momento do Santa Cruz não é dos melhores dentro e também fora de campo. A diretoria do clube prometeu fez um acordo para pagar o paliativo no valor de R$ 500,00 para cada funcionário do clube, alguns já sem recebe salários há alguns meses, mas nada foi acordado e os trabalhadores ameaçam entrar em greve na quarta-feira da próxima semana.

O presidente do clube afirmou que a vontade era de já ter acertado com os funcionários da equipe, porém ainda existem muitos recursos bloqueados na justiça. Expectativa é de acertar parte das dívidas já nesta segunda-feira.

"A expectativa é que até o dia 17 ou 18 liquidemos fatura, conforme compromisso firmado com a comissão de funcionários do Santa Cruz. O pagamento independe da nossa vontade pessoal, mas foram muitos recursos bloqueados na Justiça e estamos lidando com burocracia muito grande na liberação das receitas. Tenho sempre olhar esperançoso, pedindo a compreensão", disse o presidente Alírio Moraes.

"O esforço nosso é no sentido de virar o ano deixando tudo em dia", completou.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos