Renovação de contrato emperra, e Arsenal vê United de olho em Özil

Apesar de ter feito contratações de impacto para o Manchester United, como Pogba, Mkhitaryan e Ibrahimovic, o técnico José Mourinho segue de olho em novas possíveis aquisições. Segundo o "The Sun", o português acompanha de perto a negociações do Arsenal para renovar contrato com o meia Özil, que foi seu jogador no Real Madrid.

O jogador alemão tem o maior salário dos Gunners e contrato até junho de 2018. O time londrino quer aumentar os vencimentos de Özil de 560 mil libras (R$ 2,4 milhões) para 640 mil libras (R$ 2,8 milhões) mensais. No entanto, a oferta ainda não teria sido aceita pelo meia, que desejaria ao menos 800 mil libras (R$ 3,5 milhões).

Com dinheiro em caixa, o United, segundo o jornal inglês, poderia oferecer 1 milhão de libras (R$ 4,4 milhões) mensais para seduzir Özil. A ideia seria negociar com o Arsenal somente na janela de transferências de verão na Europa, em julho. Na ocasião, o meia teria somente mais um ano de vínculo com os Gunners e, seis meses depois, poderia acertar um pré-contrato com qualquer clube, sem que os londrinos recebam nada pela transferência.

Segundo o "The Sun", Özil quer seguir em Londres, onde vive o melhor momento - agora marcando gols - no Arsenal, clube no qual chegou em 2013 após deixar o Real Madrid. No time merengue, trabalhou com José Mourinho, hoje técnico do United.

Se quiser manter Özil, o Arsenal terá que quebrar sua filosofia, de que o treinador é o mais bem pago do clube. Hoje, Arsène Wenger recebe 640 mil libras (R$ 2,8 milhões), justamente o valor que o time inglês ofereceu ao alemão.

Özil atuou em 14 partidas nesta temporada com a camisa do Arsenal e marcou sete gols.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos