África do Sul conta com erro de arbitragem para vencer o Senegal

A África do Sul precisou contar com a 'ajuda' da arbitragem para vencer o Senegal neste sábado, em jogo válido pelas Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo de 2018. Em casa, os sul-africanos tiveram um pênalti assinalado de forma equivocada, que culminou na vitória por 2 a 1, em jogo realizado no Estádio Peter Mokaba. Com o resultado, a África do Sul assumiu a liderança do Grupo D.

Sem quase nenhuma chance clara de gol, o jogo se encaminhava para ir para o intervalo com o placar zerado. No entanto, aos 40 minutos, aconteceu o lance mais polêmico da partida. Após cruzamento pela direita, Eleazar Rodgers escorou de cabeça e a bola rebateu na perna do zagueiro Koulibaly, da seleção do Senegal. O árbitro viu toque de mão e assinalou a penalidade máxima.

Na cobrança, Hlatshwayo bateu no canto direito do goleiro Diallo, que não conseguiu evitar o gol dos donos da casa.

Pouco depois, animados com o gol, os sul-africanos conseguiram ampliar. Makola recebeu na área e tocou para Serero, que finalizou de forma certeira.

Na segunda etapa, os senegaleses conseguiram diminuir. Em lance inicado por Sadio Mané, atacante do Liverpool, N'Doye aproveitou confusão na área e encheu o pé para fazer 2 a 1.

Inconformados com o ero do árbitro, houve um início de confusão após o termino da partida. Seguranças do exército tiveram de entrar em campo para evitar maiores problemas com a comissão de arbitragem.

Com o resultado, a África do Sul somou seu quatro pontos em dois jogos disputados nas Eliminatórias. Senegal, por sua vez, estacionou na segunda posição do Grupo D, com três pontos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos