Manchester City faturou mais que o campeão Real Madrid na última Champions

  • Reuters / Sergio Perez

    Manchester City perdeu do Real Madrid na semifinal da Liga dos Campeões

    Manchester City perdeu do Real Madrid na semifinal da Liga dos Campeões

Apesar de ter sido eliminado nas semifinais da Liga dos Campeões, o Manchester City foi o clube que mais faturou pela participação no torneio na temporada 2015/16. Segundo a Uefa, os contratos televisivos da competição fizeram com que o time inglês ganhasse mais dinheiro do que Real Madrid e Atlético de Madrid, campeão e vice, respectivamente.

O City arrecadou 83,8 milhões de euros (R$ 308,5 milhões) e ficou no topo da lista dos participantes. O Real Madrid, vencedor da competição, faturou 80 milhões de euros (R$ 294,5 milhões). O terceiro foi a Juventus, que caiu nas oitavas de final, com 76,2 milhões de euros (R$ 280,5 milhões)

Eliminado nas quartas de final, o PSG foi o quarto que mais arrecadou, com 70,8 milhões de euros (R$ 260,6 milhões). Vice-campeão, o Atlético de Madrid ficou em quinto, levando a quantia de 69,6 milhões de euros (R$ 256,2 milhões).

A premiação na Liga dos Campeões é baseada na performance de cada clube na competição. São 12 milhões de euros (R$ 44,1 milhões) só por participar da fase de grupos, além de 1,5 milhão de euros (R$ 5,5 milhões) por vitória e 500 mil por empate (R$ 1,8 milhão).

Os números sobem conforme as equipes vão avançando na Champions: 5,5 milhões de euros (R$ 20,2 milhões) nas oitavas; 6 milhões de euros (R$ 22 milhões) nas quartas; 7 milhões de euros (R$ 25,7 milhões) nas semifinais; 10,5 milhões de euros (R$ 38,6 milhões) para o finalista; e 15 milhões de euros (R$ 55,2 milhões) para o campeão - por essa regra, o valor máximo seria de 57,2 milhões de euros (R$ 210,6 milhões).

A Uefa, contudo, adota ainda um outro diferencial de premiação, o chamado 'market pool', que é a distribuição do montante adquirido nos contratos televisivos. Nesta temporada, deve ficar na casa dos 507 milhões de euros (R$ 1,86 bilhão).

O montante para cada clube é equacionado em função do valor do mercado do torneio para cada um dos países e a quantidade de equipes que avançam na competição. Com isso, o City faturou 46,9 milhões de euros (R$ 172,6 milhões), contra 26 milhões de euros (R$ 95,7 milhões do Real Madrid.

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos