Com técnico novo, brasileiro espera rápida evolução do Rapid Viena

O Rapid Viena, do atacante brasileiro Joelinton, ex-Sport, está de treinador novo. Após a demissão da antiga comissão técnica, comandada por Mike Büskens, que ficou cinco meses no clube, o time acertou com Damir Canadi, de 46 anos, que desde 2013 treinava o Rheindorf Altach, também da Áustria. A troca veio após maus resultados do time no Campeonato Austríaco e na Liga Europa, onde o time ocupa a terceira posição do Grupo F.

Na última segunda-feira, o treino do Rapid Viena já foi comandado por Canadi. Segundo o atacante Joelinton, o novo técnico pode dar um ânimo na reta final do Campeonato Austríaco e nas últimas rodadas da fase de grupos da Liga Europa. Com chances de classificação nas duas competições, o brasileiro afirmou que o grupo está focado para conquistar os objetivos traçados no início da temporada.

- Claro que, quando se demite um treinador, é sinal de que algo não estava dando certo no time. Os resultados não estavam vindo e, infelizmente, o treinador não ficou. Mas sabemos que o futebol é dinâmico e estamos felizes com a chegada do Damir, que parece ser um grande técnico. Ele conversou com a gente e nos deu uma injeção de ânimo para essa sequência de temporada. No campeonato nacional, estamos a nove pontos do líder e a cinco da fase de classificação para a próxima Liga Europa. É difícil, mas vamos buscar os pontos necessários. Na Liga Europa dessa temporada, estamos em terceiro, mas a apenas um ponto do líder. O grupo está muito embolado. Sabemos das nossas qualidades e vamos buscar as vitórias nessa sequência - disse o atacante.

O primeiro desafio do novo treinador é contra o Redbull Salzburg, fora de casa, no próximo domingo, às 13h30, pelo Campeonato Austríaco.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos