Em noite de Sánchez, Chile vira para cima do Uruguai pelas Eliminatórias

O Chile recebeu o Uruguai na noite desta terça-feira e conseguiu uma importante vitória nas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia 2018. Jogando no Estádio Nacional do Chile, em Santiago, os donos da casa saíram perdendo mas contaram com Sánchez inspirado para virar o jogo. No triunfo por 3 a 1, atacante começou a jogada do gol de Vargas e deixou sua marca duas vezes. Pelo lado do Uruguai, Cavani fez o de honra. Suárez ainda perdeu pênalti nos minutos finais.

Com a derrota, o Uruguai pode ver o Brasil aumentar a vantagem em caso de uma vitória sobre o Peru. Uruguaios estão em segundo, com 23 pontos. Chilenos agora ocupam a quarta colocação, com 20.

Pelas Eliminatórias, as duas seleções voltam a campo somente no ano que vem. Em março, o Uruguai receber o Brasil, no duelo dos dois primeiros da tabela. O Chile também terá pedreira pela frente, já que vai visitar a Argentina. Boa notícia para os brasileiros, é que Suárez tomou amarelo, está suspenso para a próxima rodada e não encara o Brasil.

O JOGO

A partida era em Santiago, mas quem parecia estar jogando em casa eram os uruguaios. Desde o primeiro minuto, os visitantes foram para o ataque e Cavani por pouco não abriu o placar. Carlos Sánchez arriscou de fora da área e bola passou com perigo. O Chile não conseguia sair para o jogo e aos 16 minutos deu bobeira na zaga, Suárez rolou para Cavani e o atacante só deslocou Bravo para balançar as redes.

Os chilenos estavam pilhados e pareciam estar nervosos. Primeira boa chegada aconteceu apenas aos 35, quando Isla arriscou da entrada da área e levou perigo ao gol de Muslera. Os uruguaios não sentiam a pressão e Álvaro González quase ampliou de cabeça após cruzamento de Suárez. Antes do intervalo, o Chile conseguiu empatar com Vargas. Sánchez fez boa jogada individual, acionou Beausejour e o lateral mandou na cabeça do atacante para deixar tudo igual.

A conversa no vestiário pareceu ter surtido efeito e o Chile voltou com uma outra postura para a etapa final e Sánchez conseguiu o gol da virada. Atacante driblou Vecino e bateu para fazer 2 a 1, com uma colaboração de Muslera. Vargas teve a chance de abrir uma vantagem maior, mas após driblar Coates, o atacante mandou para fora.

O Uruguai voltou a assustar aos 29, com Godín, mas finalização do zagueiro parou nas mãos de Bravo. No lance seguinte, um balde de água fria. Sánchez recebeu belo passe de Díaz, virou bonito e fez o terceiro. O Uruguai sentiu o gol e não conseguia criar jogadas de ataque com perigo. No último momento decisivo do jogo, Suárez teve a chance de descontar cobrando pênalti, porém Bravo caiu para o canto certo e fez a defesa.

FICHA TÉCNICA

CHILE 3 X 1 URUGUAI

?

Data e hora: 15/11/16, às 21h30 (horário de Brasília)

Local: Estádio Nacional do Chile, em Santiago (CHI)

Árbitro: Enrique Cáceres (PAR)

Cartões amarelos: Vidal (CHI); Álvaro González, Suárez, Muslera e Lodeiro (URU)

Cartão vermelho: Não houve.

Gols: Cavani, 16'/1ºT (0-1); Vargas, 46'/1ºT (1-1); Alexis Sánchez, 15'/2ºT (2-1); Alexis Sánchez, 30'/2ºT (3-1)

CHILE: Claudio Bravo; Isla, Medel, Jara e Beausejour; Marcelo Díaz, Vidal (Leonardo Valencia, 12'/2ºT) e Pablo Hernández; Fuenzalida (Enzo Roco, 28'/2ºT), Vargas e Alexis Sánchez (Nicolás Castillo, 38'/2ºT). TEC: Juan Antonio Pizzi.

URUGUAI: Muslera; Maxi Pereira, Coates, Godín e Gastón Silva; Arévalo Ríos, Vecino e Álvaro González (Lodeiro, 31'/2ºT); Carlos Sánchez (Gastón Ramírez, 19'/2ºT), Suárez e Cavani. TEC: Óscar Tabárez.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos