Alexis Sánchez passa Zamorano e está perto de marca história no Chile

  • Luis Hidalgo/AP

    Sanchéz brilhou na vitória do Chile sobre o Uruguai

    Sanchéz brilhou na vitória do Chile sobre o Uruguai

O atacante Alexis Sánchez está muito perto de bater uma marca histórica pelo Chile. Com os dois gols feitos sobre o Uruguai, na vitória por 3 a 1, na última terça-feira, em Santiago, o jogador do Arsenal chegou a 36 pela Roja e ultrapassou Ivan Zamorano, que fez 34 em toda a sua carreira. Agora, a meta é alcançar o feito de Marcelo Salas, que soma 37, como o maior artilheiro da seleção.

Os dois gols de Sánchez foram fundamentais em busca de uma vaga na próxima Copa do Mundo. A vitória deixa o Chile na quarta colocação das Eliminatórias, com 20 pontos. Neste momento, a Roja estaria classificada para o Mundial.

Zamorano, que ficou conhecido atuando por Real Madrid e Inter de Milão, marcou 34 gols pelo Chile. Ele celebrou o feito de Sánchez.

"É uma honra que você me supere como segundo artilheiro histórico. Parabéns, campeão", postou Ivan Bam-bam Zamorano no Twitter.

Sánchez tem apenas 27 anos e não deve ter problemas para superar Marcelo Salas. A próxima chance do atacante será em março, quando o Chile enfrenta Argentina e Venezuela pelas Eliminatórias.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos