Botafogo mudou o esquema tático por conta da virose de Bruno Silva

Pode ser só coincidência, mas o time do Botafogo que perdeu para a Chapecoense nesta quarta-feira não começaria no esquema tático previsto. A ausência de Bruno Silva, cortado da relação por conta de uma virose, fez com que Jair Ventura trocasse o optado 4-3-1-2 e escalasse Diogo Barbosa, fazendo com que o o time passasse para o 4-2-3-1, eventualmente utilizado.

- Iríamos começar com os três volantes, sim. Tinha a variação do Diogo (como ponta-esquerda, onde já vinha atuando), mas ele voltava de lesão. E é o que falo: quando reinventamos e dá certo, mérito do treinador. Hoje tentamos e não deu. Paciência. Bola para frente - minimizou.

Tudo no campo da hipótese, mas é possível que com mais um marcador o Glorioso não tivesse criado chances como criou contra a equipe catarinense. Foram, por exemplo, duas bolas na trave com Camilo. Mas ficou evidente que o meio-campo esteve exposto, pelo menos em um lance: o do segundo gol.

Para a partida contra o Palmeiras, no domingo, Jair deve contar, muito provavelmente, com o retorno de Bruno Silva e, certamente, com Sassá, que cumpriu suspensão. Por outro lado, Victor Luís e Airton estão suspensos.a

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos