Flamengo vence, rebaixa o América e reacende sonho de título

O Flamengo colocou fim a uma série de quatro partidas sem vitória no Brasileirão ao bater o América-MG por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Mineirão, com gol marcado por Everton. O resultado sacramentou o rebaixamento da equipe mineira, apesar da notória evolução sob o comando de Enderson Moreira, e pode reacender o sonho de título rubro-negro.

Depois de ficar estacionado na tabela com uma derrota e três empates em sequência - a última vitória havia sido contra o Fluminense, há pouco mais de um mês -, o Flamengo pulou para 66 pontos, quatro a menos que o líder Palmeiras e dois a mais que o Santos, que iniciou a rodada na segunda colocação. Os dois paulistas ainda jogam nesta quinta.

Os cariocas atuaram sem Alex Muralha e Guerrero, que defenderam suas seleções, e também sem Rafael Vaz, Réver e Emerson Sheik, suspensos. Talvez essa lista de desfalques recheada ajude a entender o motivo de a volta da vitória não ter significado a volta do bom futebol.

O Flamengo demorou 32 minutos para evidenciar qual das duas equipes briga na parte de cima da tabela. Foi o tempo que levou para o gol sair e o time de Zé Ricardo se soltar.

Com uma boa dose de sorte, Everton aproveitou bom cruzamento de Jorge, tocou de cabeça e contou com um desvio na zaga para enganar o goleiro João Ricardo - chamado pela torcida do Coelho de "melhor do Brasil" antes do jogo - e fazer 1 a 0.

Até aquele momento, o duelo se arrastava e a melhor chance havia sido do América. A cobrança de falta de Jonas que explodiu na trave e a incrível falha de Nixon no rebote calaram a maioria rubro-negra no Mineirão por alguns segundos. Não que o rendimento do time no restante do primeiro tempo tenha servido para levantar a torcida. Com instrumentos barulhentos, os mineiros é que controlavam a trilha sonora da partida. Os chutes perigosos de Fernandinho e Diego, já depois do gol, animaram a Nação e ajudaram a mudar um pouco o cenário.

Só que a morosidade voltou depois do intervalo. A arquibancada demonstrou sua insatisfação fazendo ecoar o grito de "Vizeu!", mas as cartadas de Zé Ricardo foram as trocas de Everton por Gabriel, aos 20, de Fernandinho por Thiago Santos, aos 33, e de Diego por Cuellar, aos 45. O jogo não mudou e houve até gritos de "burro", mas o placar se manteve.

FICHA TÉCNICA:

AMÉRICA-MG 0 X 1 FLAMENGO

?

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Data-hora: 16/11/2016, às 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (SP - Fifa)

Auxiliares: Rogerio Pablos Zanardo - SP (ASP-FIFA) e Danilo Ricardo Simon Manis - SP (ASP-FIFA)

Cartão amarelo: Michael (AME)

Gol: 32'/1° T Everton (1-0)

América-MG: João Ricardo, Jonas, Messias, Alison e Ernandes; Leandro Guerrero (Guilherme Xavier, 41'/2°T), Juninho, Danilo Barcelos (Nilson, 26'/2°T) e Tony; Nixon (Sávio, intervalo) e Michael. Técnico: Enderson Moreira.

Flamengo: Paulo Victor, Pará, Donatti, Juan e Jorge; Márcio Araújo, Arão e Diego (Cuéllar, 45'/2°T); Everton (Gabriel, 20'/2°T), Fernandinho (Thiago Santos, 33'/2°T) e Leandro Damião. Técnico: Zé Ricardo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos