Quase 300 minutos sem gol: Camilo e Neilton lamentam má fase ofensiva

E segue o jejum do ataque do Botafogo, que não balançou as redes nos três últimos jogos da equipe no Brasileirão. Contra a Chapecoense, Camilo esteve próximo de acabar com o momento negativo do setor ofensivo alvinegro. Mas a trave acabou castigando o camisa 10. Na saída de campo, ele lamentou o resultado e pediu o time chamando a responsabilidade contra o Palmeiras.

- Faltou a bola entrar. Sabíamos que era um jogo perigoso. Equipe da Chapecoense sabe jogar bem fora de casa. Eles foram felizes no contra-ataque e definiram o jogo. Uma vitória hoje deixava nossa situação confortável, mas agora é buscar o resultado fora. Em uma bola de escanteio eles foram bem. É chamar a responsabilidade, porque precisamos vencer fora - analisa Camilo.

O jejum do ataque incomoda também Neilton, que não balança as redes desde o jogo contra o Corinthians. O camisa 7 foi outro que pediu nova postura.

- Infelizmente, o resultado não foi positivo. Agora, a bola não está entrando. Foram duas bolas na trave, teve um chute meu... infelizmente, é isso. Tem que trabalhar, para aumentar a confiança no resultado. Desde o começo do campeonato, nossa equipe vem sofrendo com equipes assim. Perdemos a invencibilidade e agora é buscar contra o Palmeiras. Espero que a descansemos bem e volte com confiança para buscar nos três jogos - completa Neilton.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos