COI anuncia desclassificação de 16 atletas por doping em Pequim-2008

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta quinta-feira a desclassificação de 16 atletas dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, por doping. Uma nova análise de amostras da época do evento apontou uso de substâncias ilegais por esportistas de seis países. Dez perderam medalhas.

O Cazaquistão é quem lidera a lista divulgada pela entidade, com cinco nomes: Irina Nekrassova, prata no levantamento de peso, Mariya Grabovetskaya, bronze no levantamento de peso, Vladimir Sedov, quarto lugar no levantamento de peso, Maya Maneza, que estava inscrita mas acabou não competindo na modalidade, e Asset Mambetov, bronze na luta olímpica.

Na Rússia, foram punidos quatro atletas: Akkaev Khadzhimurat, bronze no levantamento de peso, Dmitry Lapikov, bronze no mesmo esporte, Khasan Baroev, prata na luta olímpica, e Elena Slesarenko, quarto lugar no salto em altura.

A Ucrânia teve anulados os resultados de Natalya Davydova, bronze no levantamento de peso, Denys Yurchenko, bronze no salto com vara, e Vita Palamar, quinto lugar no salto em altura.

Os demais desclassificados foram Iryna Kulesha, de Belarus, dona do quarto lugar no levantamento de peso, Nizami Pashayev, do Azerbaijão, quinto colocado na mesma disputa, e Chrysopigi Devetzi, da Grécia, bronze no salto triplo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos