Donizete pede que postura diante do Palmeiras se repita na final

Apesar do Atlético-MG ter deixado o Independência na noite desta quinta-feira apenas com um empate, há uma coisa a ser valorizada: a postura apresentada em campo. E a ideia é que este empenho se repita nas finais da Copa do Brasil, contra o Grêmio, nos dia 23, no Mineirão, e 30, na Arena do Grêmio.

Pelo menos essa é a análise feita pelo volante Leandro Donizete, que destacou que o clube não pode ficar uma temporada sem títulos.

- Um elenco desse tem que conquistar alguma coisa, não tem jeito. Nossa briga agora é a Copa do Brasil. A gente tem que se entregar bem mais na Copa do Brasil e vamos lutar até o final. Temos muita chance de ser campeão. Vamos nos fortalecer cada dia mais e arrumar mais o time. Hoje jogamos bem posicionados e demos poucas chances. Estou feliz pelo futebol e agora é guardar tudo para a Copa do Brasil- comentou.

O volante atleticano também destacou que julgou o empate diante do líder como injusto

-Esse é o espírito, essa é a vontade. Temos que jogar dessa forma sempre. Acho que merecemos a vitória. O empate é até injusto. É jogo de Libertadores, pegado, disputado. Temos que levar isso( a postura) para domingo e, mais ainda, para quarta-feira contra o Grêmio, que será ainda mais difícil- completou.

O goleiro Victor endossou o coro puxado pelo camisa 8 e afirmou:

- Temos que manter o foco e o espírito que tivemos hoje para chegar fortalecido na decisão de semana que vem. Acho que a grande motivação nossa é ser campeão. A Libertadores é consequência do título, então vamos pensar no título que assim marcamos o nome de todo mundo na história do clube- comentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos