Dirigente do Bayern critica Boateng: 'Seria bom que voltasse à Terra'

Jérôme Boateng teve uma noite para lá de infeliz na quarta-feira. Ele não teve boa atuação na derrota do Bayern de Munique para o Rostov, por 3 a 2, na Rússia. Diante das falhas do jogador, o diretor-executivo do clube, Karl-Heinz Rummenigge, criticou a vida agitada do defensor.

- Jérôme precisa se acalmar um pouco. Tem sido demais para ele desde o começo do verão. Seria bom para ele e para o clube que voltasse um pouco à Terra - afirmou o dirigente, à "Sky Sports".

Contra o Rostov, Boateng foi facilmente driblado por Azmoun no lance do primeiro gol. No segundo tempo, bobeou em um lance e, em seguida, cometeu pênalti, que gerou o segundo gol dos russos. Para piorar, saiu com uma lesão na coxa, que deve tirá-lo do jogo contra o Bayer Leverkusen, no próximo sábado, na Allianz Arena, pelo Campeonato Alemão.

Fora de campo, a vida de Boateng vem sendo mesmo agitada, conforme relatou o cartola alemão. A revista "GQ" apontou o zagueiro como o homem do ano, na categoria esportes. Além disso, passou a aparecer em eventos após assinar com a agência do rapper Jay-Z.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos