Presidente pede apoio de torcidas em Curitiba: "Chapecoense é o Brasil"

  • Paulo Whitaker/Reuters

A expectativa por dar proporções nacionais ao sonho da Chapecoense em conquistar a Sul-Americana marca a escolha pelo Couto Pereira. Logo após a divulgação do estádio como palco do duelo com o Atlético Nacional (COL), em 7 de dezembro, o presidente da equipe catarinense, Sandro Pallaoro, fez um apelo a todas as torcidas.

"Independente da rivalidade entre as torcidas, o momento é de mobilizar os torcedores para irem ao Couto Pereira, independente da rivalidade. Queremos o apoio das torcidas de Curitiba e de outras regiões do Paraná. A Chapecoense é o Brasil", afirmou, ao LANCE!.

Pallaoro destacou os motivos que fizeram o clube optar pelo estádio para o confronto.

"Além da grama ser natural, os valores apresentados eram mais viáveis para nós. A comissão técnica e a diretoria também aprovaram a escolha pelo Couto Pereira", disse.

Devido ao regulamento da Copa Sul-Americana, a Arena Condá não tinha capacidade suficiente para sediar a final, de 40 mil espectadores. De acordo com o dirigente da Chapecoense, há planos para mobilizar os sócios que sairão de Chapecó rumo a Curitiba:

"Assim como acontece na Arena Condá, nossos sócios entrarão com seus respectivos cartões ao Couto Pereira. Esperamos grande mobilização vinda de Chapecó".

Quer receber notícias do seu time de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos