Maurício Galiotte é eleito presidente do Palmeiras para o biênio 2017-2018

Candidato único, Maurício Galiotte foi eleito neste sábado como presidente do Palmeiras para o biênio 2017-2018. Vice e braço direito de Paulo Nobre desde 2013, o novo mandatário teve 1639 dos 1733 votos dos sócios alviverdes - 94 ficaram em branco. Por não ter adversários, ele precisava apenas de mais da metade dos votos computados na eleição. Genaro Marino, Antonino Jesse Ribeiro, Victor Fruges e José Carlos Tomaselli serão os vices no período.

O processo ocorreu de forma tranquila, bem diferente do último pleito, em 2014, quando o time brigava para não cair e havia oposição. A eleição contou com figuras como os ex-presidentes Mustafá Contursi e Arnaldo Tirone. O casal dono da Crefisa e FAM, José Roberto Lamacchia e Leila Pereira, também apareceu para votar. Leila será candidata ao Conselho Deliberativo em 2017.

Maurício é considerado uma figura conciliadora. Próximo de Nobre, é também ligado a Mustafá e tem o respeito de parte da oposição, que nem lançou candidato este ano.

Entre os parceiros, Galiotte também é bem avaliado. Por conta do seu perfil, o dirigente é visto por bons olhos na WTorre, construtora do Allianz Parque e, principalmente, na Crefisa.

A patrocinadora provavelmente renovará o acordo por mais uma temporada e tem ótima relação com o novo presidente. Desde que houve o atrito com Nobre, o vice tomou a frente nas conversas com Crefisa/FAM. Com ele, a expectativa é de que, além da renovação, a parceira participe da contratação de jogadores para 2017.

Maurício assume o cargo no dia 15 de dezembro e terá decisões importantes a tomar, como as renovações de Cuca e Alexandre Mattos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos