Brasília vira sobre LSB e mantém 3º lugar

O UniCEUB/BRBCARD/Brasília fez mais uma vítima atuando fora de casa. Na tarde do último sábado, a equipe candanga conseguiu uma incrível virada sobre a LSB/Uniso e venceu em pleno Ginásio Gualberto Moreira, em Sorocaba (SP), pelo placar de 73 a 66. Com isso, somou seu terceiro triunfo seguido longo de seus domínios neste NBB CAIXA.

Ninguém para Lucas Mariano. Em mais uma atuação de gala, o jovem pivô de 23 anos manteve seu ótimo ritmo no campeonato, foi dominante nas áreas pintadas e deixou a quadra com expressivos 27 pontos, nove rebotes e 31 de eficiência. No último quarto, o jogador liderou a reação candanga com nove pontos e foi crucial para o triunfo.

Outro atleta em grande fase, Alexandre Paranhos voltou a ser o cara da Liga Sorocabana. Desta vez, o ala/pivô contribuiu com importantes 13 pontos e dez rebotes e totalizou seu terceiro duplo-duplo em cinco jogos neste NBB CAIXA. Além disso, roubou três bolas, deu um toco e totalizou expressivos 25 de eficiência.

Com mais este resultado positivo, o Brasília se manteve na terceira colocação ao acumular sua quinta vitória em seis jogos (83,3% de aproveitamento). Enquanto isso, a LSB sofreu seu terceiro revés seguido atuando como mandante e agora tem campanha de dois triunfos em cinco jogos (40% de aproveitamento).

Campo Mourão vence a 1ª em casa

O torcedor mourãoense viu de perto uma vitória de sua equipe no NBB pela primeira vez. Na tarde do último sábado, o Campo Mourão Basquete levou a melhor sobre o Macaé Basquete, pelo placar de 71 a 68, e proporcionou ao público paranaense o primeiro triunfo no Ginásio Bellin Carollo. Com isso, a equipe voltou a vencer após a derrota para o Flamengo na última rodada.

Douglas Nunes, Betinho e Cauê Verzola foram os destaques do Campo Mourão. Juntos, os três atletas totalizaram 43 pontos e foram responsáveis por 60,5% dos pontos da equipe vencedora. Douglas fez 17 pontos, Betinho com 15 pontos e Cauê com 12 tentos e mais seis assistências.

Em seu reencontro com o Campo Mourão, onde foi cestinha da Liga Ouro 2015, o ala Schneider, do Macaé, foi o cestinha do confronto, com 21 pontos. Junto dele, o armador norte-americano Kendall Anthony também se destacou do lado macaense, com 15 pontos.

Com o resultado, o representante do Estado do Paraná acumulou seu terceiro triunfo em cinco partidas no NBB CAIXA (60% de aproveitamento). Por sua vez, o Macaé foi derrotado pela quarta vez e é um dos únicos que ainda não sabe o que é vencer na competição, assim como o Banrisul/Caxias do Sul Basquete.

Com show de Georginho, Paulistano vence Minas

A rodada de sábado foi fechada com um verdadeiro show na capital paulista. E quem roubou a cena foi Georginho. Em partida de altíssimo nível no Ginásio Antonio Prado Jr, o garoto de apenas 20 anos teve atuação magistral e liderou a grande vitória do Paulistano/Corpore na batalha contra o Minas Tênis Clube, por 98 a 86.

Com atuação magistral do garoto Georginho, o jovem armador que chamou a responsabilidade nos momentos finais e garantiu o triunfo ao Paulistano no complicado duelo contra o Minas. No último quarto, anotou nada menos que 11 pontos, com direito a duas bolas de 3 na cara dos marcadores após jogo de um contra um, estas nos dois minutos finais.

Para completar a noite pra lá de vitoriosa, Georginho quebrou nada menos que quatro recordes pessoais neste NBB, ao deixar a quadra com nada menos que 25 pontos, nove rebotes, sete assistências e sonoros 31 de eficiência. Com isso, estabeleceu suas maiores marcas em todos estes quesitos.

Com a vitória, o Paulistano somou seu segundo triunfo em cinco jogos (40% de aproveitamento) e pulou para a oitava colocação. Enquanto isso, o Minas sofreu seu quarto revés em seis partidas e se encontra na 13ª posição, com 33,3% de aproveitamento

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos