Mano Menezes pede desculpas ao juiz após expulsão: "nos enganamos"

Expulso na derrota do Cruzeiro para o Internacional, Mano Menezes pediu desculpas ao árbitro Marcelo Aparecido de Souza (SP) por conta da reclamação nos minutos finais do confronto.

O técnico da Raposa questionou o fato de o juiz não assinalar pênalti em um lance no qual a bola acertou o rosto de Alex. Na ocasião, o gaúcho acreditou que fosse penalidade máxima pelo fato de a bola acertar supostamente a mão do meia-atacante.

- A reclamação foi veemente porque nós tínhamos certeza que era pênalti. Mas nos enganamos. Como procuro ser justo e correto com todo mundo, quero pedir desculpas ao Marcelo. Ele fez uma arbitragem da qual nós não temos nada para reclamar - afirmou.

- Só pensamos naquele momento que teria um lance, mas olhei pela televisão e vi que não foi pênalti. E a minha expulsão foi justa, pois reclamei com a veemência que naquele momento do jogo não poderia ser permitido - acrescentou.

O gaúcho foi expulso em outras oportunidades na principal competição nacional. O substituto do técnico, portanto, já é conhecido. O auxiliar Sidnei Lobo ficará a beira do gramado na partida contra o Corinthians, em 4 de dezembro, às 17h (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos