Ricardo Oliveira admite queda do Santos e foco para retomar 2º lugar

A perda da segunda colocação após a derrota para o Flamengo, neste domingo, não foi o único aspecto ruim para os jogadores do Santos. O capitão do Peixe, Ricardo Oliveira, reconheceu a atuação abaixo da média e reconheceu o objetivo da equipe na última rodada do Brasileirão.

- Não dá para prever o futuro. Tivemos possibilidades no jogo, mas não conseguimos. Não fomos aquela equipe que éramos nas partidas anteriores. Vamos procurar recuperar essa segunda colocação - afirmou na saída do campo.

O Peixe finalizou 11 vezes na partida. Destas, só uma foi na direção do goleiro Alex Muralha. A melhor foi do próprio camisa 9, de cabeça, que parou no arqueiro.

Para recuperar a segunda colocação, o Santos precisa torcer para o Flamengo empatar ou perder do Atlético-PR em Curitiba. O Peixe joga a última rodada em casa, contra o América-MG.

O prêmio para o segundo do Brasileiro é de R$ 10,7 milhões. O terceiro recebe R$ 7,3 milhões.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos