Aldo chama McGregor de frouxo e diz: 'Nunca deixei de ser campeão'

Com a destituição do cinturão dos penas de Conor McGregor, José Aldo assumiu o posto de campeão linear, já que estava previamente acordado entre o o UFC e o irlandês que o mesmo teria que escolher em qual divisão permaneceria após conquistar o título dos penas e leves.

José Aldo chegou a anunciar a aposentadoria após conquistar o cinturão interino sobre Frankie Edgar e não ter o seu desejo de uma revanche contra Conor atendido. No entanto, ao que tudo indica, a aposentadoria de Aldo não passou de jogo de cena, conforme o manauara deu a entender em entrevista ao site oficial do UFC.

- Já sabia que isso aconteceria. Para mim, nunca deixei de ser campeão. Perdi aquela luta por causa de uma fatalidade. Sabia que venceria uma revanche, voltaria a ser campeão. Não tenho culpa de ele ser um cara tão frouxo, que nunca foi campeão - disse Aldo.

Anthony Pettis e Max Holloway se enfrentam no dia 10 de dezembro, na luta principal do UFC 206, que acontece em Ontario, no Canadá e garante que, independente do resultado da luta, irá vencer qualquer um dos rivais.

- Não me vejo perdendo para ninguém dessa categoria ou de alguma outra. Não vejo nenhum problema, vou estar preparado para quem vencer. Lógico que o Pettis tem mais nome, já foi campeão, seria uma luta maior. Mas se for o outro também não tem problema, vou vencer de qualquer jeito - concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos