Empresário revela acerto de Thiego com o Santos: 'Estava feliz da vida'

Na tragédia que deixou 71 mortos no voo que levava a equipe da Chapecoense para Medellin (COL) para a disputa do primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, o zagueiro Willian Thiego foi identificado como uma das vítimas fatais. Quase acertado com o Santos para 2017, o defensor de 30 anos teria um de seus melhores contratos na carreira.

O Peixe já havia encaminhado tudo com o jogador nesta semana. O empresário Luiz Taveira, que representa o clube em negociações com Guerra e Berrío em solo colombiano, aproveitaria a estadia da Chapecoense no país para assinar o pré-contrato com Thiego.

Participando do socorro às vítimas do voo que caiu na madrugada desta terça-feira, Taveira esteve em contato com Thiego antes de o jogador embarcar com a delegação da Chape e revelou que o jogador estava muito feliz com a oportunidade de defender as cores do Santos na próxima temporada.

- Ele estava feliz da vida (com o acerto). Falava que estava feliz demais, eu iria encontrá-lo hoje (terça-feira, para acertar). Vem lágrimas nos olhos só de lembrar - disse o empresário, em contato com a reportagem do LANCE!.

Revelado pelo Grêmio em 2007, Willian Thiego também teve passagens por Kyoto Sanga (JAP), Bahia, Ceará, Figueirense, Khasar (AZE) e defendia a Chapecoense desde a temporada de 2015. Neste ano, disputou 62 partidas e marcou oito gols.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos