2017 era promissor para alguns jogadores da Chape

2017 era um ano promissor para alguns jogadores da Chapecoense, que morreram em um trágico acidente de avião na madrugada da última terça-feira. Ao todo, 19 atletas tiveram a vida interrompida.

Entre eles, o zagueiro William Thiego,que tinha 30 anos, estava com uma transição bem encaminhada com o Santos. Em contato com o LANCE!, o empresário do jogador, Luiz Taveira revelou que o camisa 27 estava feliz com o acordo.

- Ele estava feliz da vida (com o acerto). Falava que estava feliz demais, eu iria encontrá-lo hoje (terça-feira, para acertar). Vem lágrimas nos olhos só de lembrar - comentou.

Assim como Thiego, o meia Hyoran está acertado com o campeão brasileiro Palmeiras. Machucado, ele não viajou com a delegação.

Já o lateral-esquerdo Dener Assunção, que também foi vítima no acidente, chegou a ser especulado em grandes clubes como Botafogo e Flamengo. O rubro-negro carioca não pretende permanecer com Chiquinho, atual reserva na posição. No alvinegro, ele chegou a negociar no início da temporada, mas acabou preferindo permanecer no clube.

Autor da defesa de quatro pênaltis contra o Junior Barranquilla, da Colômbia, o goleiro Danilo vivia o auge da carreira e era especulado em grandes times . Em 2014, inclusive, chegou a estar com um pé e meia no Cruzeiro, mas a negociação não avançou. O arqueiro também esteve perto, na mesma época, de fechar com o Corinthians.

Um dos sobreviventes da queda foi o lateral-esquerdo Alan Ruschel, que tem 27 anos. Ele pertence ao Inter e está emprestado à Chapecoense até o final do Estadual de 2017. Se agradasse, quem sabe, poderia voltar ao time gaúcho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos