Dentil/Praia Clube recebe o Brasília na abertura da sétima rodada

Um duelo entre as levantadoras mais eficientes da Superliga feminina é a atração da partida de abertura da sétima rodada do turno da competição. O Dentil/Praia Clube (MG), de Claudinha, receberá o Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF), de Macris, às 19h, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG). O SporTV transmitirá ao vivo.

Na classificação geral, as equipes têm campanhas similares. O Praia Clube aparece em segundo lugar, com 18 pontos. O Brasília vem logo atrás, em terceiro lugar, com 15. O Rexona-Sesc lidera, com os mesmos pontos do time mineiro, mas com um melhor saldo de sets.

As levantadoras titulares das duas equipes são destaques nessa edição. Segundo as estatísticas, Macris, do Terracap, com 34,34% de eficiência, é a melhor jogadora da posição, seguida de perto por Claudinha, do Dentil, com 33,11%.

Para Claudinha, um bom aproveitamento do saque será importante no duelo contra a equipe da capital brasileira.

- Acredito que será uma partida entre equipes que estão evoluindo bastante na Superliga. Estamos no caminho certo, mas sempre temos o que melhorar. Estudamos e colocamos em prática nos treinamentos as características do time de Brasília. Vamos precisar sacar bem e impor nosso ritmo de jogo. A torcida também nos ajudará bastante - afirmou.

Ela ainda comentou sobre as estatísticas da Superliga.

- Em relação as estatísticas fico feliz em estar numa boa posição, mas esse não é o meu objetivo. Quero colocar todas as jogadoras para aturarem da melhor forma possível e o mais importante é sair de quadra com a vitória.

A ponteira norte-americana Alix, com uma luxação no dedo anelar da mão direita, e a central Fabiana, com um desconforto na coxa direita, são dúvidas para a partida desta quarta-feira. No último confronto da equipe, na vitória contra o Rio do Sul, elas foram substituídas, respectivamente, por Ellen e Natasha.

Pelo lado do Terracap/BRB/Brasília Vôlei, a levantadora Macris elogiou a sua companheira de posição do Dentil/Praia Clube.

- Eu e a Claudinha jogamos juntas quando éramos mais novas. Ela é uma jogadora muito dedicada e batalhou muito para chegar nessa posição. Sempre conversamos uma com a outra e fico feliz de vê-la jogando bem.

Sobre a partida, a levantadora acredita que será um duelo disputado.

- Será mais um jogo difícil como os dois últimos que tivemos contra o Vôlei Nestlé e o Camponesa/Minas. Sabemos que somos um time trabalhador que precisa jogar sempre a 100% nas partidas. Vamos precisar ter tranquilidade e seguir as instruções táticas passadas pelo Anderson - explicou Macris.

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) fará um minuto de silêncio em solidariedade às vítimas da tragédia no voo da Chapecoense, nesta quarta-feira, antes da partida entre o Dentil/Praia Clube e o Terracap/BRB/Brasília Vôlei.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos