Presidente do Torino declara que topa disputar amistoso com a Chape

Urbano Cairo, presidente do Torino, aceitou disputar um amistoso com a Chapecoense, como uma forma de prestar solidariedade e, quem sabe, trazer fundos à equipe catarinense, vítima de um desastre aéreo que matou 71 pessoas na Colômbia, na madrugada da última terça-feira.

A ideia do jogo é oriunda do site brasileiro "Quattro Tratti", especializado em futebol italiano, que foi respondida da seguinte maneira por Cairo:

- É só falar onde - disse o presidente do clube italiano ao jornal "Corriere dello Sport".

Se você está se perguntando o porquê do Torino, explica-se: a equipe da Itália, assim como a Chapecoense, foi devastada por um acidente de avião, a tragédia de Superga, em maio de 1949.

Na ocasião, a delegação do Torino, base da seleção italiana, líder do campeonato e virtual campeão daquele ano, retornava de Lisboa para Turim após um amistoso contra o Benfica. Ao se aproximar do aeroporto, a aeronave se chocou contra a torre da Basílica de Turim, matando 31 pessoas, sendo 18 jogadores e cinco membros da comissão técnica.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos