Pinheiros enfrenta Genter Vôlei Bauru

Duas das maiores pontuadoras desta edição da Superliga feminina estarão frente a frente nesta sexta-feira. O Pinheiros (SP), da oposta Bárbara, enfrenta o Genter Bauru Vôlei (SP), da ponteira Thaisinha, às 19h30, no ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo. A partida será válida pela sétima rodada do primeiro turno da competição.

Na classificação geral, o Pinheiros está em oitavo lugar, com seis pontos (duas vitórias e quatro derrotas). O Genter Vôlei Bauru aparece na quinta posição, com 12 (quatro resultados positivos e dois negativos). O Rexona-Sesc é o líder, com 18 pontos (seis vitórias).

A partida também será uma reedição da semifinal do Campeonato Paulista. Na ocasião, o Pinheiros levou a melhor no golden set do segundo confronto entre as equipes.

O duelo ainda colocará frente a frente duas das jogadoras que mais marcaram pontos nesta edição da Superliga. A ponteira Thaisinha, do Genter Vôlei Bauru, é a quarta maior pontuadora da competição, com 89 pontos. Na sequência aparece a oposta Bárbara, do Pinheiros, com 85 pontos.

A oposta Bárbara comentou sobre a expectativa para o duelo contra o Genter Vôlei Bauru nesta sexta-feira.

- Vejo o Genter Bauru Vôlei mais preparado para essa partida do que na semifinal do Paulista. Elas tiveram algumas mudanças no time e estamos estudando a equipe delas para fazer uma boa apresentação - disse Bárbara

Ela também comentou sobre o seu bom momento na Superliga.

- Estou muito feliz com meu início na competição. É muito bom estar entre as cinco maiores pontuadoras, mas ainda não estou satisfeita. Ainda temos muito o que melhorar e o campeonato é longo. O meu desempenho se deve a minha equipe e a Ananda (levantadora). Estou muito feliz jogando com a Ananda e a cada dia estamos nos entrosando mais. A satisfação de jogar no Pinheiros é muito grande também.

Pelo lado do Genter Vôlei Bauru, a oposta Bruna, que já defendeu o Pinheiros, chamou a atenção para um fundamento forte da equipe e comentou sobre o bom momento da oposta Bárbara.

- Elas têm uma leitura muito boa de bloqueio e a Bárbara tem muitos recursos, é muito forte e já passou pela seleção, assim como a Jú Nogueira, ponteira. Também contam com a Mimi Sosa (central), que é da seleção argentina, além de algumas atletas campeãs nas seleções de base sub-23. É um time novo que não podemos deixar crescer e dar ritmo de jogo. Temos de imprimir nosso ritmo - afirmou Bruna.

Outros jogos

A sétima rodada do turno terá outros três jogos nesta sexta-feira. Sesi-SP e Renata Valinhos/Country (SP) jogarão, às 19h, no ginásio do Sesi, em Santo André (SP), em busca da primeira vitória na competição. Na sequência, às 19h30, o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) enfrentará o Fluminense (RJ), no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano (SP). Logo depois, às 20h15, Rio do Sul (SC) duelará com o Rexona-Sesc (RJ), no José Mimoso, em Lages (SC).

Em lembrança e profundo respeito pelas vítimas do acidente envolvendo a delegação do time da Chapecoense, além de jornalistas e demais passageiros do voo que caiu próximo à Medelin, na Colômbia, a organização do jogo da Superliga sugere aos torcedores que vistam camisetas brancas ou verdes para acompanhar a partida. Será respeitado um minuto de silêncio e mais homenagens estão sendo planejadas.

O último jogo da rodada acontecerá neste sábado, às 14h10, entre o Vôlei Nestlé (SP) e o Camponesa/Minas (MG), no José Liberatti, em Osasco (SP). A RedeTV transmitirá ao vivo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos