Ceni quer técnico do Sub-23 do Liverpool como auxiliar no São Paulo

Não é um ex-jogador consagrado, muito menos brasileiro: o profissional que Rogério Ceni definiu para ser seu auxiliar no comando do São Paulo é inglês, atende pelo nome de Michael Beale e atualmente é o treinador do time Sub-23 do Liverpool, da Inglaterra.

A informação foi divulgada pelo site "Globoesporte" e confirmada pela reportagem do LANCE!. O acordo com o inglês ainda não foi fechado, mas algumas pessoas do São Paulo já dão como certo. Um ponto importante era a questão financeira, já que Beale recebe em libras no futebol inglês, mas o desejo do profissional de trabalhar com Ceni no Brasil pode pesar.

Michael Beale é um estudioso do futebol e tem vasta experiência em categorias de base. Antes de treinar as categorias Sub-15, Sub-16, Sub-21 e Sub-23 do Liverpool, no qual está desde 2012, o profissional passou dez anos no Chelsea, também desenvolvendo trabalho para a base.

A aproximação de Ceni com o inglês se deu no período em que o ex-goleiro foi estudar na Europa. Ceni esteve na Inglaterra, onde passou por alguns clubes, inclusive o Liverpool, do técnico alemão Jürgen Klopp. Nesse momento, estreitou a relação com Michael, que revelou seu desejo de aplicar seu conhecimento em outras partes do mundo.

Michael, então, veio ao Brasil e já começou a fazer trabalhos com Rogério Ceni. No domingo passado, ao lado do diretor de marketing do Tricolor, Vinicius Pinotti, eles assistiram juntos ao primeiro jogo da final do Campeonato Paulista Sub-20, entre São Paulo e Capivariano: vitória tricolor por 4 a 0.

O São Paulo pretendia apresentar Rogério Ceni na última terça-feira, mas adiou diante do acidente que vitimou a delegação da Chapecoense na Colômbia, com 71 mortos. Ceni deve ser apresentado na quinta ou sexta-feira da semana que vem, possivelmente com o anúncio da contratação de Michael Beale.

O profissional inglês tem nove livros publicados sobre técnicas de trabalho no futebol e possui licença da UEFA. Na passagem pelo Brasil, ele aproveitou para se solidarizar com as vítimas do acidente da Chapecoense. Em uma rede social, replicou mensagens de apoio e homenagens ao clube catarinense.

Ceni ainda espera contar com um preparador de goleiros, cujo preferido é Taffarel, e provavelmente um preparador físico para trabalhar no São Paulo. Pintado, auxiliar da comissão técnica fixa, no entanto, permanece.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos