Palmeiras quer usar camisa limpa da Chapecoense com mensagem de apoio

O Palmeiras está documentando a homenagem que deseja fazer à Chapecoense, no dia 11. O clube pediu para jogar contra o Vitória, em Salvador, com a camisa do time catarinense - o Rubro-Negro tomou a mesma decisão. No Barradão, o campeão brasileiro usará o primeiro uniforme da Chape, verde, e o Leão o segundo, branco.

Paulo Nobre já recebeu a liberação da Adidas, Crefisa e FAM para que a homenagem pudesse ser feita. A intenção do Verdão é usar a camisa da Chapecoense limpa, sem os patrocínios da Caixa ou Aurora, que estampam a marca no clube do Sul.

"A gente quer uma camisa limpa da Chapecoense, e eventualmente no lugar do patrocínio a hashtag que estamos tanto usando, #ForçaChape", explicou Paulo Nobre, presidente do Palmeiras, ao LANCE!.

A CBF ainda não deu a autorização para a homenagem, mas o dirigente considera que não haverá problemas. Nobre tinha ótima relação com Sandro Pallaoro, presidente da Chapecoense que morreu no acidente aéreo ao lado de outras 70 pessoas, na madrugada de terça.

"Eu acredito que isto será possível, porque é um caso excepcional. Estamos correndo atrás de documentar tudo para tudo acontecer da maior lisura possível. Acredito que não vá ter problema nenhum", acrescentou.

Além de usar a camisa do time "coirmão", como diz Nobre, o Palmeiras deu apoio às "Medidas Solidárias à Chapecoense". Entre as ideias estão: emprestar jogadores gratuitamente em 2017 e solicitar à CBF que o clube não fique sujeito ao rebaixamento pelos próximos três anos. Se a Chape ficar entre os quatro últimos colocados, o 16º então cairia.

"Serão tempos difíceis. A Chapecoense fez seu trabalho com louvor, mas a minha preocupação é como vai ser 2018, 2019. Não é barato montar um time de Série A para fazer um trabalho como o deles. A ajuda do mundo do futebol vai ser fundamental. Escutei que a Chape hoje tem a maior torcida do mundo, mas que por mais dura que seja a caminhada eles terão condições de voltar ao mesmo patamar de hoje. Eu sou presidente apenas por mais 15 dias. Tenho certeza absoluta de que o Maurício Galiotte (futuro presidente) e a diretoria vão ajudar este time coirmão, de origem italiana, tão verde quanto a gente, da melhor maneira possível", completou.

"Falamos muito da Chapecoense, mas não podemos esquecer das famílias dos jogadores. Eram pais de família, que não tem só filhos, pai e mãe. Vamos lembrar das pessoas e que algo deve ser feito pelos que compunham a instituição", encerrou.

Quer receber notícias do Palmeiras de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos