Ranieri, Zidane e Fernando Santos concorrem a melhor técnico de 2016

A Fifa anunciou nesta sexta-feira os três finalistas ao prêmio de melhor treinador da temporada. Concorrem o italiano Claudio Ranieri, do Leicester, o francês Zidane, do Real Madrid, e o português Fernando Santos, comandante de Portugal. A cerimônia de entrega será no dia 9 de janeiro, em Zurique, na Suíça.

O técnico escolhido é decidido conforme combinação de alguns critérios: 50% são referentes a votos de capitães e treinadores de todas as seleções do mundo. O voto popular representa 25%, enquanto os outros 25% vêm de 200 jornalistas escolhidos entre os seis continentes.

Claudio Ranieri foi o técnico do Leicester, campeão da Premier League na temporada passada contrariando todos os prognósticos. O time encantou e superou todos os gigantes da Inglaterra para faturar o título inédito com rodadas de antecedência.

Zinedine Zidane assumiu o Real Madrid em janeiro, no lugar de Rafa Benítez. No comando dos Merengues, faturou a Liga dos Campeões em cima do rival Atlético de Madrid e fez uma boa campanha no Espanhol, quase tirando o título do Barcelona.

Já Fernando Santos era o comandante de Portugal na histórica vitória na final da Eurocopa deste ano, vencida sobre a França por 1 a 0, em pleno território gaulês. A seleção lusa ainda perdeu o astro Cristiano Ronaldo no primeiro tempo, tendo que se superar em campo e vencendo com gol do herói improvável Éder.

TRÊS FINALISTAS NO FEMININO ESCOLHIDAS

A Fifa anunciou também os três treinadores finalistas ao prêmio na categoria futebol feminino. Concorrerão Jill Ellis, dos Estados Unidos, Silvia Neid, da Alemanha, e a sueca Pia Sundhage. A cerimônia de entrega também será no dia 9 de janeiro, em Zurique. O técnico da seleção feminina, Vadão, ficou fora da lista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos