Obras do CT do Fluminense serão paralisadas por falta de verba

  • NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.

As obras do Centro de Treinamento do Fluminense serão paralisadas, dentro de 15 dias, por falta de verba. A informação foi confirmada por Pedro Antonio, vice-presidente de Projetos Especiais e principal responsável pela construção do CT, que leva seu nome. Neste período, será terminada a instalação dos vidros e a pintura da torre, que terá que ser terminada na gestão do presidente Pedro Abad, que tomará posse do cargo na segunda quinzena de dezembro.

Além de comandar as obras, Pedro Antonio financiou boa parte dos recursos investidos no CT, um valor em torno de R$ 18 milhões. O acordo era que o dirigente recebesse todo a verba investida de volta ainda na gestão de Peter Siemsen, o que ainda não aconteceu.

De acordo com Pedro Antonio, a paralisação não significa um atraso na construção do CT. O dirigente explicou que, no planejamento inicial, a torre só seria construída em 2017. Com dois campos, academia e sala de fisioterapia prontos, o elenco profissional já treina integralmente no local desde outubro.

Além da torre, que servirá de hotel para os jogadores e comportará a sala de imprensa, auditório e showroom para patrocinadores, o projeto do CT ainda envolve a construção de um terceiro campo oficial, que deve ser o último ato das obras no local. O CT começou a ser construído em junho de 2015.

Quer receber notícias de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos