Organizadas de São Paulo se unem em homenagem à Chape e pedem paz

As principais torcidas organizadas de Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo se reuniram na tarde deste domingo para uma homenagem às vítimas do acidente com o avião da Chapecoense. Também compareceram ao ato na Praça Charles Miler, em frente ao Pacaembu, organizadas do Santo André e XV de Piracicaba.

Normalmente rivais, as torcidas adotaram um discurso de paz neste domingo. Antes de a homenagem começar, os líderes das organizadas se reuniram para uma conversa e posaram juntos para fotos.

- Não cabe mais morte no futebol - disse o presidente da Independente, que teve o discurso endossado pelos outros líderes.

O ato teve um minuto de silêncio, orações de Pai Nosso e Ave Maria, fogos de artifício, bandeiras de mastros, faixas e o tradicional grito que tem ecoado pelo mundo: "vamos, vamos, Chape". Na parte final, os torcedores pediram "liberdade nas arquibancadas".

A homenagem deste domingo contou com cerca de 1500 pessoas. As organizadas que participaram foram: Mancha Alviverde (Palmeiras), Torcida Jovem (Santos), Gaviões da Fiel e Camisa 12 (Corinthians), Independente e alguns membros da Dragões da Real (São Paulo), Esquadrão (XV de Piracicaba) e Esquadrão Andreense (Santo André).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos